Páginas

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Aniversário de 202 anos de Nhá Chica, a primeira Santa genuína brasileira

O Instituto  Nhá Chica, a Diocese de SJDR e a Secretaria de Cultura  e Turismo dessa mesma cidade promovem  as comemorações em referência ao Nascimento e Batizado da “Santa” Nhá Chica – Francisca de Paula – no Distrito de Santo Antônio do Rio das Mortes  em São João del – Rei.
Essas comemorações mesclam uma programação religiosa e  cultural, ambas com a finalidade de comemorar a data de Nascimento de Nhá Chica – Francisca de Paula -  dia 26 de Abril  no Distrito já citado.
Conforme aponta Wainer Ávila, Presidente do Instituto de Estudos e Associação Nhá Chica:  “é muito importante comemorar essa data, visto ter sido comprovado judicialmente  o Registro Civil Tardio de Francisca de Paula de Jesus  no Distrito do Rio das Mortes em SJDR. Todos estão convidados a irem ao Distrito, conhecer e ajudar a divulgar  a história de vida digna e o sacro valor espiritual da Venerável FRANCISCA (NHÁ CHICA)”.
As comemorações começam dia 22 de Abril e terminam dia 29 de Abril, o dia maior que terá intensa programação. Nesse período, de grande importância para o Distrito de Santo Antônio do  Rio das Mortes em SJDR, berço de Nhá Chica, ocorrerão celebrações solenes, visitação ao memorial de Nascimento da Venerável Nhá Chica, reza do Terço Luminoso e recitação do Terço Mariano.
As comemorações constam também de uma programação cultural. A Semana Cultural  terá mostra de documentários acerca da religiosa e palestras sobre temas como: “As Virtudes de Nhá Chica” e “A importância do Registro Civil Tardio de Nhá Chica”.            Haverá ainda a exposição de trabalhos artísticos desenvolvidos por alunos da Escola Estadual Evandro Ávila e também por moradores da comunidade. E também haverá apresentações do grupo de Congado Nossa Senhora do Rosário  e da Banda de Música Lira do Oriente Santa Cecília.
Sobre o Distrito do Rio das Mortes é importante destacar  que diversos pesquisadores sobre Patrimônio Cultural já observaram e  constataram  a presença de vários tipos de Patrimônio no local, tais como: Natural, Urbanístico, Arquitetônico, Bens Integrados, Bens Móveis, Documental e Imaterial.
         Segundo o Historiador Lúcio de Oliveira: “há pesquisas que apontam a existência no Distrito, por exemplo, de grupo de Congado que data de 1695, sendo um dos mais antigos de Minas Gerais. Além dessa manifestação afro-brasileira típica do Estado, há também a existência de Bandas Bicentenárias como: a Banda Lira do Oriente Santa Cecília, com data provável de 1895.”
Dessa maneira a festa em Comemoração ao Nascimento e Batizado de Francisca de Paula, a Nhá Chica,  a primeira Santa genuína brasileira, permite também comemorar  e celebrar a rica diversidade cultural  do Distrito, que dista aproximadamente 10 km de São João del - Rei.
Confira a programação das comemorações do Aniversário de Nascimento de Nhá Chica no  Distrito do Rio das Mortes: