Páginas

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Informe técnico sobre a Campanha Contra a Influenza

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas podem levar o vírus direto à boca, aos olhos e nariz.
            Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes aos do resfriado, como a congestão nasal, rinorréia, tosse, rouquidão, febre, mal estar, mialgia e cefaléia. A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma ou duas semanas sem necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar a formas clinicamente graves, pneumonia e morte.
            A campanha nacional de vacinação contra a influenza tem como principal objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população de 60 anos ou mais de idade, nos trabalhadores de saúde das Unidades que fazem atendimento para a influenza, nas crianças da faixa etária de 6 meses a menores de 2 anos, nas gestantes, nos povos indígenas, na população prisional e em pacientes com comorbidades, mediante indicação médica, conforme as indicações do CRIE (Centro de Referência para Imunológicos Especiais).
            A meta é vacinar, pelo menos, 80% dos grupos elegíveis para a vacinação o que representa 14.395.
            A vacinação de MULHERES GRÁVIDAS contra a influenza é segura em qualquer idade gestacional. É uma estratégia eficaz de proteção para a mãe e o lactente onde estudos demonstraram que os lactentes de mães vacinadas apresentaram menos casos da doença.
            Contamos com a colaboração deste veículo para divulgação da Campanha e nos colocamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente,
_____________________________                 _________________________________

Eliene Jaqueline de Andrade Freitas               Cláudia Cristina China Lagares Mendes

Coordenadora de Epidemiologia                       Enfermeira responsável pela Imunização

SMS – Departamento de Promoção da Saúde / Epidemiologia
Rua Salomão Batista de Souza,10 - Jardim Paulo Campos
Cep: 36.305-044 - São João del-Rei – MG