Páginas

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Índice de infestação do Aedes aegypti em São João del-Rei

Nos dias 03, 04 e 05 de março, o setor de Endemias da Secretaria de SAÚDE realizou o segundo LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti), de 2015. Todos contra a dengue!

O segundo LIRAa do ano foi realizado nos dias 03, 04 e 05 de março em São João del-Rei. Este levantamento é feito por amostragem em diversos bairros sobre a infestação do mosquito transmissor da dengue. Cerca de 1800 casas são sorteadas aleatoriamente, por computador, e recebem a visita dos Agentes de Endemias. Essas visitas ajudam o setor a criar um trabalho eficaz de bloqueio do Aedes aegypti nos locais com maior índice de foco. 

 O levantamento apresentou um índice de 6,5% de infestação predial, ou seja, foram encontrados 147 focos do mosquito. De acordo com o Ministério da SAÚDE, esse número é considerado Alto Risco de Transmissão, que além de transmitir a Dengue o mosquito infectado pode transmitir também a Febre Chikungunya. No mesmo período do ano passado foram encontrados 92 focos.

 Nos bairros Vila Santa Terezinha, Dom Bosco, Matosinhos, Fábricas, Guarda-Mor, Residencial Girassol, Recreio das Alterosas, Alto das Mercês e Conjunto Habitacional do IAPI foram detectados altos índices de infestação.

 Segundo o Coordenador de Endemias, Jean Vilela, o aumento do índice do LIRAa tem consequências da falta d’água que estamos sofrendo atualmente, com isso, as pessoas estão armazenando água em reservatórios particulares, mas essa prática deve ser feita com os devidos cuidados para que não se torne mais um criadouro do mosquito.

 A luta contra o mosquito da Dengue começa dentro das nossas residências, com simples hábitos como, colocar areia nos pratos dos vasos de plantas, proteger e tampar reservatórios particulares de água, verificar as calhas e caixas d’água, colocar o seu lixo para a coleta e muitas outras atitudes, que contribuem com a redução dos focos do mosquito.

 Você está com alguma dúvida, ou tem alguma denúncia sobre possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, ligue para o Setor de Endemias pelo telefone 3379- 1565 e seja um agente de combate à dengue.
Veja os últimos resultados anteriores do LIRAa:

  • Janeiro de 2015 – 63 focos – índice de infestação predial 3,0% considerado médio risco;
  • Outubro de 2014 – 14 focos – índice de infestação predial 0,7% considerado baixo;
  • Março de 2014 – 92 focos – índice de infestação predial 4.2% considerado alto risco; 
  • Janeiro 2014 – 63 focos – índice de infestação predial – 3% considerado médio.